Minha experiência pessoal na dança do ventre

Comecei a dançar aos dez anos de idade. Frequentei aulas de jazz e dança contemporânea em uma academia perto de casa durante dez anos. Aos dezenove anos de idade, conheci a Dança do Ventre. Foi amor à primeira vista! Fiquei fascinada com beleza e a energia desta arte tão especial.

Minhas primeiras professoras foram Najla, com quem fiz um mês de aulas e Vydia que me proporcionou uma visão terapêutica da dança do ventre. Mais tarde, fiz vários cursos com  Nájua, uma bailarina e professora que eu considero a grande responsável por meu entusiasmo na dança.

Em um desses cursos, conheci a bailarina Themis, que me convidou para fazermos uma apresentação juntas. Daí em diante, formamos uma dupla, inspiradas pelas encantadoras Nájua e Shams. Fizemos um trabalho maravilhoso durante quinze anos.

Em minha busca por aperfeiçoamento, viajei para o Egito, Líbano e Síria.

Mais tarde, tive a oportunidade de ser contratada para dançar em alguns países árabes pelo empresário Omar Naboulsi. Foram três anos de viagens para os Emirados Árabes, Marrocos e Catar. O contato diário com o povo árabe, com sua música e seus costumes foi uma experiência muito importante para o meu desenvolvimento como bailarina e professora de dança. Deu um novo sentido a minha carreira.

Nesta trajetória, aprendi que o amor e a persistência são os melhores companheiros da pessoa que se dedica àquilo em que acredita. Eu pretendo continuar dando os meus passinhos…e “inchaala”(se Deus quiser) inspirando as pessoas por aí….

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *